fbpx

Como é que a Automação de Marketing consegue ajudar-me?

O que é a Automação de Marketing?

A Automação de Marketing consiste no uso de um software, dentro de uma empresa, com o propósito de divulgar de forma mais eficiente a própria empresa e os seus produtos / serviços através de canais digitais. 

O principal objetivo desta ferramenta de marketing é a automatização de tarefas repetitivas, como publicações em redes sociais, e-mails, anúncios, etc.

O que está incorporado na Automação de Marketing?

Embora a Automação de Marketing seja usada para automatizar e facilitar as tarefas diárias, existem alguns componentes que a tornam uma ferramenta útil para as empresas.

Softwares:

O coração da Automação de Marketing é o software selecionado. 

Embora existam muitas opções, escolher um bom software é importante para facilitar a automação das tarefas. Uma escolha mais econômica, ou não realizar as pesquisas suficientes acerca dos softwares a utilizar, pode ser prejudicial para o desempenho da empresa.

Sem uma ordem específica, a seguir estão alguns dos softwares de Automação de Marketing mais populares e mais utilizados ​​em todo o mundo:

  1. HubSpot
  2. SendInBlue
  3. Pardot
  4. Marketo
  5. FreshWorks

Estratégia:

Ao implementar uma estratégia bem pensada, a Automação de Marketing ajudará a priorizar as tarefas, de uma forma mais eficiente. 

Por outro lado, com a adoção desta ferramenta pode-se, facilmente, perder o controle de o que deve ser feito e em que ordem, uma vez que todas as tarefas são automatizadas. Porém, se houver uma especial dedicação e um contínuo acompanhamento à empresa e à construção de estratégias isso pode ser facilmente evitado.

A Automação de Marketing não dispensa o trabalho de um profissional, no entanto, ajuda a tornar esse trabalho mais eficaz. 

A implementação de uma estratégia adequada, de Automação de Marketing, permite a redução do tempo investido em tais tarefas e proporciona mais tempo livre à empresa de forma a que seja possível aumentar a concentração nos clientes ou em problemas internos que possam estar presentes na empresa.

Leads:

Uma afirmação, errada, associada à Automação de Marketing é que ela trará, automaticamente, leads de qualidade para a empresa. 

Embora tal afirmação seja considerada verdadeira, até certo ponto, a realidade é que os leads de qualidade só surgem com a implementação de estratégias eficazes. 

A Automação de Marketing não deve ser vista como uma solução rápida ou um método para a angariação de leads. Pois usar esta ferramenta, erradamente, deixará os profissionais de marketing com ferramentas de qualidade em sua posse, mas sem resultados de sucesso. 

Enquanto a Automação de Marketing se encarrega das tarefas com ela automatizadas, é essencial trabalhar o aumento do tráfego no site. Pois, assim que alcançado, o tráfego pode ser transformado em leads de qualidade que podem tornar-se clientes fiéis à marca.

O que fazer e o que não fazer

O que fazer:

Enviar conteúdo personalizado para os clientes

Visto que a implementação da Automação de Marketing permite uma redução do tempo exigido para tais tarefas automatizadas, é essencial reservar um pouco de tempo para configurar filtros dentro da Automação de Marketing.

Esse tempo dedicado à configuração dos filtros dentro da Automação de Marketing permite um acompanhamento acerca de quais clientes fazem download dos conteúdos do site, do que fazem download e quais os tópicos que esses mesmos clientes pesquisam, especificamente, na empresa. 

Através deste acompanhamento é possível enviar conteúdo direcionado aos interesses de cada cliente, o que terá influência na decisão de compra desses mesmos clientes, aumentando assim a probabilidade de compra.

Manter os clientes envolvidos

Embora seja ótimo atrair novos clientes, é mais fácil fazer com que os clientes atuais comprem novamente do que fazer com que um novo cliente compre pela primeira vez. 

Ao perceber do que os clientes existentes gostam, a empresa pode mantê-los envolvidos, enviando-lhes novos produtos ou mesmo artigos similares às suas preferências. Mantê-los informados sobre coisas que possam ser do seu interesse ​​fará com que eles se envolvam com o conteúdo e voltem a visitar o site, mesmo que apenas para pesquisar outras coisas.

O que não fazer:

Confiar exclusivamente no e-mail marketing

Existem muitas estratégias de marketing digital além do e-mail marketing. Embora seja normalmente uma boa estratégia, pode não ser a estratégia ideal para todas as empresas e, potencialmente, ser uma perda de tempo e dinheiro, além de prejudicial. 

Através da utilização da Automação de Marketing, é possível entender que forma de comunicação e que tipo de informação os clientes preferem receber, assumindo que é por e-mail, isso pode afastar os clientes atuais e potenciais.

Automatizar tudo na empresa

A Automação de Marketing pode facilitar o trabalho, mas também facilita o surgimento da preguiça. 

É importante, para a empresa, que os seus profissionais não deixem os clientes no fundo das suas mentes apenas para dar menos trabalho a si mesmos. Antes de automatizar todas as tarefas, o profissional de marketing deve rever as suas metas e verificar se elas ainda coincidem com as necessidades dos clientes da empresa. 

É importante ouvir, sempre, as necessidades dos clientes e atualizar os objetivos e / ou filtros de automação de acordo.

Generalizar as mensagens

Visto que a carga de trabalho já foi reduzida devido à utilização da Automação de Marketing, não há razão para que todas as mensagens enviadas aos clientes sejam exatamente as mesmas. Com mais tempo disponível, é essencial separar os clientes e enviar mensagens mais específicas e personalizadas para um público mais restrito.

Como muitas empresas falham com a Automação de Marketing?

Embora seja uma ferramenta muito útil e bastante simples de incorporar nas empresas, se for utilizada incorretamente, pode prejudicar os negócios.

 A questão mais urgente é … como as empresas falham ao usar uma ferramenta que foi criada com o objetivo de as ajudar?

A razão mais comum pela qual as empresas não conseguem capitalizar no uso da Automação de Marketing é a falta de uma estratégia bem definida. Muitas empresas não fazem pesquisas suficientes, dentro da empresa, nem sobre os clientes de forma a obter um diagnóstico acerca da automação. Para uma automação ser executada de forma eficaz, o conteúdo, dados e o sistema da empresa devem ser revistos ​​de acordo. 

Através desta revisão o profissional de marketing ficará mais atualizado e será mais fácil entender ou ver as alterações que precisam de ser feitas.

Além disso, muitas empresas falham na Automação de Marketing, simplesmente, porque tornam os seus clientes numa reflexão tardia. É comum que a maioria das empresas tenham uma visão do tipo funil, que vai de uma etapa para a outra, sem fundir nenhuma etapa e tendo como resultado final os clientes.

Essa visão pode fornecer bons resultados em algumas empresas, no entanto, a maneira mais produtiva seria manter os clientes no centro (sendo o foco principal) e ramificar para outras etapas, sejam vendas, serviços ou marketing sem qualquer pedido. Com este tipo de exibição de roda, as empresas podem alterar a etapa a seguir de acordo com o que funciona melhor para os seus clientes.

Conclusão

A Automação de Marketing pode ser um aspecto, muito positivo, e a ser levado em consideração para ser utilizado na sua empresa. 

Além de facilitar algumas tarefas dentro da empresa no que diz respeito à automação de tarefas repetitivas, esta ferramenta, também, possui filtros muito úteis que permitem o fornecimento de conteúdo personalizado e dirigido a cada público. 

Dedicar um pouco de tempo a personalizar um software de Automação de Marketing para a sua empresa pode ajudar, imensamente, no futuro.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *