Vídeo: como usá-lo para transformar a sua presença digital.

Incorporar o vídeo nas suas estratégias de marketing digital deixou de ser facultativo. 70% dos utilizadores admitem já ter partilhado um vídeo de uma marca e 52% afirma categoricamente que assistir a vídeos demonstrativos ou tutoriais de produtos torna-os mais confiantes nas decisões de compra online. Então a questão é: o que está ou como está a integrar o vídeo nas suas estratégias de marketing digital e o que pode fazer para potenciar o vídeo ao serviço da notoriedade e reputação da sua marca.

O vídeo é, de longe, a ferramenta preferida pelos utilizadores para aprenderem sobre um produto ou serviço. Conheça agora três táticas para, de forma simples e quase imediata, incorporar esta ferramenta ao seu serviço.

Keep it Simple

Um dos maiores fatores impeditivos da utilização regular de vídeo prende-se com o facto de acharmos que apenas o vídeo altamente profissional, que imputa custos muito elevados, funcionará. Estudos recentes mostram precisamente o contrário: quanto mais espontâneo, realista, autêntico e LIVE for o conteúdo vídeo, maiores as possibilidades de engajamento: comentários e partilhas.

GO LIVE

Não pense apenas no YouTube. Existem várias maneiras de potenciar a utilização de vídeo marketing, desde fazer uma publicação com vídeo (o chamado conteúdo nativo) ou iniciar uma transmissão ao vivo no Facebook, Instagram ou LinkedIn.

O Live Streaming é uma das ferramentas mais poderosas quando falamos de vídeo marketing. E isto prende-se com o imediatismo como tendência de consumo contemporâneo. O que justifica, igualmente, o sucesso de ferramentas como as Stories. É, uma vez mais, o FOMO (fear of missing out). As pessoas querem saber o que está a acontecer aqui e agora. Então, utilize, com mestria, esta ferramenta a favor da sua marca e organização. Exemplos de conteúdos que funcionam bem em LIVE Vídeo: demonstrações de produtos, bastidores da marca, o dia-a-dia no escritório, o processo de fabrico dos produtos ou eventos próprios.

SHORT TALE

Os vídeos curtos ganham terreno e, mais uma vez, isto relaciona-se com o imediatismo do comportamento de compra online. A nossa atenção é escassa e fica presa a conteúdo apelativo, magnético e que, em poucas palavras, seja capaz de dizer tudo! Absolutamente tudo!

Uma dica final de SEO. Se o seu website incluir vídeo, é 50 vezes mais provável (50 vezes!) gerar resultados de pesquisa orgânica. Porquê? Uma vez que as pessoas acham o conteúdo de vídeo mais apelativo, o Google pontua no topo da lista de pesquisa as páginas que incluem vídeos. Agora que já leu este artigo, o que vai fazer para integrar vídeo marketing nas suas estratégias digitais? Na Brand By Difference podemos ajudá-la/o.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *